O PayPal será a primeira empresa de pagamentos digitais estrangeira a operar no mercado chinês. A norte-americana anunciou, na última segunda-feira (30), a compra de 70% das ações da plataforma chinesa GoPay, que detém licenças para realizar pagamentos digitais e móveis no país. A aquisição foi confirmada pelo Banco Central da China.

O negócio representa uma nova era para o mercado de pagamentos digitais e móveis da China, que se mantinha restrito apenas a players locais. No ano passado, o Banco Central anunciou que iria abrir este mercado para empresas do exterior para aumentar a concorrência.

O mercado de pagamentos móveis representa 83% de todos os pagamentos realizados na China. Este setor, por sua vez, é dominado pelo Alipay, da Alibaba, e WeChat Pay, da Tencent, com respectivamente 54% e 39% do mercado, de acordo com dados do ano passado.

Apesar da ampla liderança destes dois players, há ainda oportunidade de crescimento para o PayPal. Afinal, os pagamentos móveis superaram US$ 40 trilhões em 2018 na China, mas “apenas” 600 milhões de pessoas usaram este método. Hoje, estima-se que o país tenha cerca de 1,5 bilhão de habitantes.

Em comunicado, o PayPal afirmou que a transação deve ser efetivada até o fim deste ano, mas não informou valores do negócio. “Estamos ansiosos para fazer parceria com instituições financeiras e plataformas de tecnologia da China, fornecendo um conjunto mais abrangente de soluções de pagamento para empresas e consumidores, tanto na China quanto globalmente”, disse Dan Schulman, CEO da empresa norte-americana.

FONTE: STARTSE